1. java
  2. android
  3. c#
  4. .net
  5. javascript
  6. php
  7. jquery
  8. html
  9. sql

Backend JAX-RS usando JPA

Olá pessoal, estou fazendo o back-end de uma aplicação em java(com jpa), que basicamente consulta dados no banco e gera respostas no formato json(JAX-RS). Da forma que eu fiz, controlando as transações manualmente, ou seja, sem uso do JTA está funcionando legal, mas, pensando no aproveitamento da arquitetura para os próximos projetos, talvez seja interessante fazer uso do JTA.

Sem fazer uso do JTA, estou pensando em deixar o entityManagerFactory como static na aplicação e criar entityManagers para cada requisição, assim tenho que abrir e fechá-la...

Alguém poderia contribuir sobre essa reflexão? Pelo que vi, para fazer uso do JTA em aplicações JAX-RS, eu terei que ter um EJB na minha aplicação, está correto isso?

  • Pelo amor de Deus, não use EJB neste seu projeto. Não comenta excesso de engenharia. Com Spring Framework é mais simples, inclusive melhor para trabalhar com Restful, do que JAX-RS.

    javaflex   09 de mai de 2015
  • A intenção seria justamente usar JPA com JTA, mas sem EJB e também sem spring, tem como? Ou usar JPA sem o JTA e controlar as transações na mão.

    diegowebby@gmail.com   09 de mai de 2015
  • Não sei, essas coisas da Sun são muito bizarras, quanto mais distância de coisas complicadas melhor seria. Aqui tem algo relacionado: http://www.guj.com.br/java/249045-jpa-hibernate-e-spring---session-closed Apesar de falar de Spring ele usou JTA sem EJB.

    javaflex   09 de mai de 2015
  • Não sei porque estou comentando isso, mas essa não posso deixar passar, pelo Amor de Deus Javaflex dizer que Não comenta excesso de engenharia. Com Spring Framework é mais simples é a pura prova que não conhece o Java, eu adoro o Spring mas nos dias de hoje em pleno 2015 desde quando enfiar uma dependência na aplicação é melhor do que usar o que o java tem de Nativo? isso não tem excesso de engenharia manu, são patterns que beneficiam muito o desenvolvimento, outra coisa: o Spring MVC pode ser bom para trabalhar com restfull mas garanto que não é o melhor.

    Dilnei Cunha   09 de mai de 2015
  • Também estou entendendo que esta falando do Spring MVC, pois as técnologias citadas são coisas separadas, quanto ao post para que deixar o entityManagerFactory como static na aplicação? o container citado é o Wildfly logo se você tem um contexto gerenciado, basta usar a entity manager com um daqueles resources da vida, ex:

    @Dependent
    public class Resources {
    
    @Produces
    @PersistenceContext(unitName = "suaUnidadePersistencia-ejbPU")
    protected EntityManager em;
    }
    Dilnei Cunha   09 de mai de 2015
Mostrar todos os 12 comentários>
  1. Você vai ver essas setas em qualquer página de pergunta. Com elas, você pode dizer se uma pergunta ou uma resposta foram relevantes ou não.
  2. Edite sua pergunta ou resposta caso queira alterar ou adicionar detalhes.
  3. Caso haja alguma dúvida sobre a pergunta, adicione um comentário. O espaço de respostas deve ser utilizado apenas para responder a pergunta.
  4. Se o autor da pergunta marcar uma resposta como solucionada, esta marca aparecerá.
  5. Clique aqui para mais detalhes sobre o funcionamento do GUJ!

0 resposta

Não é a resposta que estava procurando? Procure outras perguntas com as tags jpa jaxws jaxb java-ee java wildfly ou faça a sua própria pergunta.